Viciados em Resultados

AltGrupo
AltGrupo

10 perguntas que a sua empresa deve fazer para conquistar clientes nas redes sociais

20/10/2014 Por: Alexandre Fattori

Para ter sucesso em qualquer rede social uma empresa necessita, antes de tudo, compreender o ambiente social da plataforma e a maneira como os clientes pensam e agem dentro dela. As redes sociais são um mundo barulhento recheado de gostos e interesses pessoais em constante intercâmbio com o coletivo. Neste cenário, as necessidades e preferências pessoais são influenciadas pela comunidade e o resultado disso define a escolha de quais produtos ou serviços ele compra e consome. Pode parecer simples, mas não é. Cada mercado possui particularidades que definem a forma como as empresas devem se relacionar com os seus stakeholders, dessa forma, a melhor forma de auxiliar as empresas na busca da construção de sua personalidade social é realizando as perguntas certas. Vamos a elas:

1.) Por que o seu cliente pagaria pelo o que você produz?

Antes de mais nada, é preciso entender a motivação mais básica do seu cliente pelo seu produto.

2.) O que a sua concorrência está fazendo?

 Investigue como os seus concorrentes estão se comunicando na rede social. Monitorar a concorrência nunca é demais.

4.) Sua empresa é realmente diferente do seu concorrente?

Se você for diferente, vai se destacar. Não basta uma pessoa ou negócio ter uma ideia diferente. Ela precisa construir suporte para essa ideia, que são os valores e a visão da empresa. Elas são introduzidas à personalidade do produto ou serviço e a partir dela, a ideia e os seus elementos constituem uma marca que incorpora todos esses conceitos. Como disse Stephen King: “Um produto pode sair de moda facilmente;uma marca de sucesso é eterna”.

5.) O que é relevante para o seu cliente?

 Alinhe os valores e crenças dos seus clientes aos de sua empresa. “Uma marca que captura sua mente ganha comportamento. Uma marca que captura seu coração ganha comprometimento”. Scott Talgo. Nos anos 90 a Starbucks construiu o seu marketing como uma parada entre o trabalho e a casa bem como pela qualidade do seu café.

6.) Qual a missão da sua empresa?

Nas redes socias, mais do que em qualquer lugar, as pessoas querem que as façam mais do que maximizar o seus lucros. Isso ajuda na criação de um vínculo afetivo e na fidelização dos seus clientes.  Como disse o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg: “As pessoas querem usar produtos e serviços de empresas que acreditam em algo a mais que a simples maximização do lucro”.

7.) Sua empresa reconhece os seus melhores clientes?

As pessoas gostam de ser reconhecidas. Os clientes mais engajados nas redes sociais devem ser reconhecidos e, quando possível, recompensados.

8.) A sua empresa é divertida?

Apesar da expressão estar em voga, o conceito de causar alvoroço é antigo na área de vendas. Em um mercado competitivo, na qual os consumidores estão calejados e possuem boas defesas contra os argumentos repetitivos de vendas, o marketing boca a boca é uma ferramenta vital. As pessoas compartilham suas experiências com os amigos, mas também imagens e vídeos, permitindo a disseminação da informação.

9.) Onde você deseja levar o seu cliente?

 Se você possui um e-commerce, leve o seu cliente da rede social para comprar no seu site, ou melhor, leve o seu site para a rede social e deixe ele comprar lá.

10.) Você tem medo de cara feia?

Os seus clientes mais insatisfeitos são a melhor fonte de aprendizado. A internet permitiu uma mudança radical em como os negócios conseguem feedback dos seus clientes. Avaliações, comentários e recomendações permitem às empresas ver o que os clientes gostam ou não gostam a respeito de um produto, serviço ou empresa. Não tenha medo, tenha atenção. E ponha em prática as melhorias para o que eles estão lhe mostrando. Os seus clientes vão continuar online, falando bem ou mal, e se você não estiver lá, o seu concorrente provavelmente estará.

Essas são apenas 10 perguntas.  Ao longo do processo de desenvolvimento de sua presença nas redes sociais você irá fazer muitas outras. Uma observação importante é nunca pensar na rede social como algo dissociado dos outros meios na qual sua empresa está inserida. Ela deve ter a mesma postura e personalidade, nada soa tão falso como uma marca tentando ser o que não é, e na internet a mentira tem perna muito curta.

Alexandre Fattori
Sobre o Autor

Alexandre Fattori

Google Plus
Publicitário formado pela ESPM, pós-graduado em marketing pela FGV, especialização em marketing pela Irvine University of California. Sócio da Alt e consultor de marketing do SEBRAE e, acima de tudo, apaixonado por Marketing digital.

Comentários

comments powered by Disqus

Mais Posts

ALT Grupo

Av. Cristovão Colombo, 2156/303
Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

ALT Blog