Viciados em Resultados

AltGrupo
AltGrupo

Como avaliar o desempenho do seu site em relação aos concorrentes?

01/04/2018 Por: Altgrupo

Para ser considerado bom, um site deve ter mais do que um layout bonito, é necessário que ele seja funcional e persuasivo. Isso significa que o site deve seguir critérios técnicos para figurar entre as primeiras posições do Google e ser envolvente o suficiente para converter visitantes em clientes.

Se o site for deficiente em algum aspecto, ele perde autoridade e espaço. E aí você sabe como funciona, desde o mundo offline: se der brecha, a concorrência ataca. Na internet, é quase igual, exceto por um único detalhe: a proporção e a velocidade em que isso ocorre são infinitamente maiores.

Quando seu site apresenta falhas, são os concorrentes que absorvem seu tráfego e, consequentemente, os seus clientes. Mas eles só conseguem fazer isso porque o Google permite. Ou melhor, porque você permite, afinal, você é o único que pode fazer com que o seu site seja efetivamente funcional e persuasivo.

É possível evitar que isso aconteça. Como? Monitorando regularmente o seu próprio site e comparando com a concorrência.

No artigo de hoje, vamos apresentar alguns critérios que devem ser observados para descobrir como está o seu site em relação aos concorrentes e algumas ferramentas para ajudá-lo nesse processo! Confira quais são!

#1 Velocidade de carregamento

Diversas pesquisas indicam que um visitante tende a abandonar um site que demora mais de 3 segundos para carregar, especialmente quando não conhecem a marca ou o site em questão. Os usuários até relevam um pouco da espera se for um site de grande autoridade, mas exceto se você for a Coca-Cola ou a Apple, não espere tanta tolerância.

Há muitos componentes que interferem na velocidade de carregamento da página, sendo que a maioria deles refere-se ao tipo de programação ou ao peso das imagens, vídeos e arquivos inseridos.

Para ajudá-lo nesse indicador, existem algumas ferramentas online como o Google PageSpeed Insights e o GTmetrix que, além de analisar a velocidade de carregamento do seu site, apresentam sugestões do que pode ser melhorado. O mais legal é que você pode fazer a análise do site dos seus concorrentes também, basta colocar a URL lá e confrontar com as suas informações.

#2 Otimização mobile

Segundo dados divulgados pela SEMRush em 2017, cerca de 57% dos brasileiros utiliza os dispositivos móveis (smartphone e tablet) para acessar os sites de busca. E a superação do desktop já é tendência no mundo inteiro: na Índia, 66% das pesquisas são realizadas no mobile; nos Estados Unidos, são 58%.

Não é à toa que, no intuito de oferecer a melhor experiência aos usuários, o Google anunciou mais mudanças no algoritmo: a partir de julho de 2018, a prioridade de ranqueamento será dada para os sites responsivos – como são chamados os sites que se adaptam automaticamente ao dispositivo – e para os que carregam mais rápido em dispositivos móveis.

Isso significa, mais uma vez, que se o seu site não estiver devidamente otimizado para dispositivos móveis, você perderá posições para o concorrente que estiver adequado.

O Google disponibiliza, gratuitamente, o Teste Meu Site, uma ferramenta que avalia a performance mobile do site e a compara, de forma geral, com outras empresas do mesmo setor. Para saber o desempenho responsivo de um ou mais concorrentes específicos, pesquise diretamente pela respectiva URL.

#3 Análise múltipla

Como já mencionamos anteriormente, a preocupação com o desempenho do seu site sempre deve almejar a melhora do posicionamento nos motores de busca, já que eles são responsáveis pela origem de 93% do tráfego dos sites.

Além disso, quanto melhor posicionado, maiores são as chances de conversão. Estima-se que o primeiro resultado dos buscadores receba 21% de todos os cliques, o segundo 10% e o terceiro 7%. Os demais resultados recebem bem menos cliques e a partir da segunda página, é quase um deserto digital – sobre isso, algumas pessoas até brincam dizendo que “a segunda página do Google é o melhor lugar para esconder um cadáver”.

Entretanto, a otimização do site para os motores de busca é algo bem complexo de analisar em sua totalidade, visto que o Google, por exemplo, utiliza mais de 200 critérios para ranquear uma página. Certamente a velocidade de carregamento e a otimização mobile estão entre eles, assim como as palavras-chave e os links externos, mas é absolutamente impossível ter o controle sobre todos eles.

Por isso, existem diversas plataformas que comparam múltiplos dados de um site em relação aos seus concorrentes – alguns de forma geral, outros, de forma específica, mas todos eles ponderam dados muito relevantes para avaliar o desempenho do site.

O Google Analytics é a ferramenta mais utilizada pelas agências e profissionais de marketing digital, por ser gratuita, intuitiva e oferecer dados muito seguros para as análises. Os dados mais relevantes nessa plataforma são a quantidade de acessos, o percentual de novos usuários, quantidade de páginas por sessão, duração média por sessão, origem do tráfego e taxa de rejeição. Para uma avaliação mais consistente, ele permite ativar a Comparação de Marcas, que confronta os resultados do seu site com a média do mercado. Embora não apresente comparação com concorrentes específicos, este é um parâmetro muito interessante de análise.

Outra plataforma muito utilizada para análise múltipla é a Similar Web, cujo propósito é justamente verificar como está o seu site em relação aos concorrentes. Apresenta a posição de ranqueamento do site, quantidade e origem do tráfego, engajamento, interesses do público e muitas outras informações.

O SEMRush é uma plataforma de botar inveja até no Sherlock Holmes. Com análises avançadas de comparações gerais e específicas da concorrência, apresenta relatórios de palavras-chave comuns e diversificadas, análise de conteúdo, monitoramento de marca, social media, auditoria de SEO on e off page (backlinks) e resultados orgânicos e pagos.

Colocar um site no ar sem mensurá-lo é desperdício de energia e dinheiro. Avaliar o desempenho do seu site e, também, da concorrência ajuda a identificar suas possíveis falhas, acompanhar o movimento do mercado e fornece insights para suas próximas estratégias.

Ficou com alguma dúvida? Quer saber mais sobre como produzir um site à altura dos seus melhores concorrentes? Entre em contato conosco!

Altgrupo
Sobre o Autor

Altgrupo

Google Plus
Publicitário formado pela ESPM, pós-graduado em marketing pela FGV, especialização em marketing pela Irvine University of California. Sócio da Alt e consultor de marketing do SEBRAE e, acima de tudo, apaixonado por Marketing digital.

Comentários

comments powered by Disqus

Mais Posts

ALT Grupo

Av. Cristovão Colombo, 2156/303
Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

ALT Blog