Viciados em Resultados

AltGrupo
AltGrupo

E-mail marketing: 6 Dicas para aumentar a sua taxa de abertura e cliques

25/09/2017 Por: Alexandre Fattori

Segundo dados divulgados pela Revista Inc. no início de 2017, todos os dias são recebidos. Diante desse número gigantesco, é inevitável buscar maneiras de se diferenciar para chamar a atenção dos seus leads, não é?

Confira algumas dicas que preparamos para ajudar você a aumentar a sua taxa de abertura e cliques em suas campanhas de E-mail Marketing.

O que é a Taxa de Abertura?

A Taxa de Abertura contempla o percentual entre pessoas que receberam o e-mail marketing versus pessoas que abriram o e-mail.

É difícil estipular uma Taxa de Abertura ideal, pois pode variar de acordo com o nicho. Porém, se você precisa de um parâmetro, tente manter-se acima de 20%.

Num estudo realizado em 2016 pela Consultoria Convince & Convert, identificou-se que 21% dos usuários reportam o e-mail como SPAM, mesmo quando sabem que não é.

Essa informação mostra que a Taxa de Abertura é um dos principais indicadores de performance a considerar, pois, ao abrir seu e-mail, o usuário já demonstra que está disposto a “ouvir” o que você tem a dizer.

E a Taxa de Cliques?

A taxa de cliques está ligada diretamente à conversão em sua campanha, de acordo com o seu objetivo.

Se você adicionou um link para enviar o usuário ao seu e-commerce, por exemplo, a Taxa de Cliques indica o quão bem sucedida foi sua campanha de e-mail marketing.

Se resultou em venda ou não, é outra questão. Entretanto, uma boa Taxa de Cliques demonstra que o conteúdo do seu e-mail é relevante e capaz de captar a atenção do seu lead.

#1 Use plataformas confiáveis de automação

O uso de plataformas de automação para envio de e-mails é uma ótima maneira de segmentar o seu público e analisar o resultado das ações, por meio das métricas disponibilizadas ao longo da campanha.

Plataformas confiáveis como RD Station e Mailchimp também são muito importantes para que o e-mail marketing não seja identificado como SPAM pelos servidores, contribuindo diretamente para o bom resultado da Taxa de Entrega.

#2 Inclua um assunto sedutor

O objetivo do Assunto é chamar a atenção do lead: entre tantos e-mails, o que vai fazê-lo abrir o seu?

No mesmo estudo realizado pela Convince & Convert, 35% dos usuários informaram que abrem o e-mail com base apenas na linha de assunto.

Embora não possamos determinar um tipo de assunto como ideal devido à diversidade do público, existem algumas técnicas que costumam funcionar para todos:

  • Use números – dá a percepção do tamanho do conteúdo
  • 35 caracteres, no máximo – para não correr o risco de cortar o texto
  • Use emojis, quando pertinente – imprime identificação e espontaneidade
  • Questione ou desafie – estimula a interação e curiosidade

ATENÇÃO! Não utilize as palavras “Grátis”, “Promoção”, nem caixa alta ou pontuações em excesso no campo Assunto, pois são práticas consideradas SPAM.

#3 Personifique

Utilize a programação do e-mail marketing para incluir o nome do destinatário tanto no assunto, quanto no corpo do e-mail.

No remetente, em vez do nome da empresa, coloque seu nome. É uma excelente forma de estabelecer proximidade e confiança com seu lead.

#4 Segmente sua lista

Qualidade é melhor que quantidade.

Não interessa ter um mailing enorme, com contatos pouco relevantes para a marca. Quanto mais identificado ao seu nicho, maiores são as chances de conversão do lead.

IMPORTANTE! Não compre listas de mailing.
Os bancos de dados aleatórios são desqualificados e não trazem o retorno esperado.

#5 Priorize a Experiência do Usuário

O layout do e-mail tem grande influência sobre a Taxa de Cliques.
Deve ser otimizado para dispositivos móveis, ser claro, intuitivo e estar alinhado ao objetivo da campanha, que pode ser direcionar o lead para a loja online, para o preenchimento de um formulário, para o compartilhamento em redes sociais etc.

Para o texto, prefira conteúdo simples, com técnicas de escaneabilidade e linguagem adaptada ao público.

#6 Call-to-action (CTA)

O Call-to-action é o termo utilizado para os botões de ação dispostos no e-mail, que levam o usuário a converter. É o Clique final esperado pela campanha e representa o sucesso da estratégia.

Para estimular o lead a clicar, os CTAs possuem cores contrastantes e usam palavras no imperativo, estimulando o senso de urgência, como “Ligue já”, “Baixe agora”.

Geralmente colocado no início e ao final do e-mail, o CTA deve ter a forma de um botão ou algo que deixe claro o movimento esperado do usuário.

Agora, o próximo passo é testar!
Defina seu objetivo e coloque em prática as dicas que você aprendeu: experimente diferentes Assuntos, formatações, CTAs e até horários de envio.

Adapte conforme os resultados obtidos e, em pouco tempo, você identificará o melhor formato para aumentar a taxa de abertura e cliques em seu E-mail Marketing.

Alexandre Fattori
Sobre o Autor

Alexandre Fattori

Google Plus
Publicitário formado pela ESPM, pós-graduado em marketing pela FGV, especialização em marketing pela Irvine University of California. Sócio da Alt e consultor de marketing do SEBRAE e, acima de tudo, apaixonado por Marketing digital.

Comentários

comments powered by Disqus

Mais Posts

ALT Grupo

Av. Cristovão Colombo, 2156/303
Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

ALT Blog