Viciados em Resultados

AltGrupo
AltGrupo

Google Adwords: 10 dicas para iniciantes terem resultados concretos

01/02/2018 Por: Alexandre Fattori

O Google é, sem dúvida, o buscador mais conhecido no mundo todo. De todas as pessoas que acessam à internet, 95% usa o Google para fazer pesquisas.

Somente no Brasil, são registradas mais de 3 bilhões de buscas todos os dias – isso representa cerca de 15 pesquisas diárias por cada habitante do país.

Outro dado interessante é que, aproximadamente 75% das pessoas não avança para a segunda página de pesquisas do Google. Este é o principal motivo pelo qual aparecer na primeira página do buscador é quase uma questão de honra para muitas empresas.

Entretanto, há somente duas maneiras de uma empresa aparecer na primeira página do Google: por meio da busca orgânica ou pelos links patrocinados do Google Adwords.

Neste artigo, vamos falar sobre os links patrocinados e dar algumas dicas para que os iniciantes obtenham resultados concretos com os anúncios do Google Adwords!

#1 Defina o objetivo dos anúncios

A definição do objetivo é a primeira etapa do planejamento de uma campanha, tanto off quanto online.

Antes de construir o anúncio, é preciso saber efetivamente o que você espera com ele.

Conheça alguns dos objetivos mais comuns:

texto

#2 Crie textos atraentes

Entre tantos resultados exibidos para uma busca, o que vai fazer o cliente optar pelo seu anúncio? Se você respondeu que é a chamada, acertou!

Ela deve gerar curiosidade e entusiasmo em quem lê, instigando-o a clicar. Os CTAs, ou “call to action”, são verbos de ação empregados no imperativo e devem constar em todos os anúncios do Google Adwords.

Veja alguns exemplos de CTA:

  • Cadastre-se agora!
  • Aproveite nossas promoções!
  • Faça sua reserva!
  • Conheça nossos planos!

#3 Utilize o planejador de palavra-chave

A escolha correta da palavra-chave é determinante para o sucesso da campanha pois é, por meio da segmentação, que seu anúncio é exibido para os clientes mais propensos à conversão.

Toda vez que alguém clica em seu anúncio, você paga ao Google o chamado Custo por Clique (CPC), cujo preço varia de acordo com alguns critérios – especificidade da palavra-chave, localização, dia, hora e o índice de qualidade da página.

Você pode escolher várias palavras-chave para cada campanha, que correspondam aos termos pesquisados pelos seus potenciais clientes.

Com o uso do planejador de palavra-chave do próprio Google Adwords, você pode descobrir quais são os termos mais buscados para cada campanha e o custo médio por clique (CPC), tornando sua estratégia mais precisa e rentável.

#4 Negative palavras

Sabendo que todo clique em seu anúncio custa dinheiro, não seria interessante pagar por um clique sem chances de conversão, não é?

Quando você adiciona uma palavra-chave, o Google acaba mostrando seus anúncios para termos similares a eles.

Isso é interessante, por que quando você inicia uma campanha, não sabe a infinidade de palavras que seus clientes podem utilizar para encontrar o seu negócio.

O problema é que, geralmente, sua palavra-chave é buscada em outro contexto, alheio ao que você oferece, gerando tráfego de baixa qualidade para sua página.

Por exemplo: você tem uma empresa de produtos eletrônicos e quer criar uma campanha para vender jogos de videogame físicos, logo, uma de suas palavras-chave pode ser “jogos de videogame”. No entanto, você tem recebido acessos de pessoas que buscam por “jogos de videogame online”, “jogos de videogame grátis” e até “como desenvolver jogos de videogame”. A probabilidade de buscas como estas reverterem em compra é quase zero.

Neste caso, para evitar pagar por cliques com baixa ou zero probabilidade de conversão, você pode negativar as palavras “online”, “grátis”, “como desenvolver” e muitas outras mantendo uma busca ativa pelos termos que ativaram seus anúncios.

Por isso, não esqueça de pesquisar os termos de pesquisa regularmente!

#5 Use palavras-chave mais específicas

Assim como a negativação de palavras, o uso de palavras-chave específicas evita o desperdício de dinheiro.

As palavras-chave abrangentes, conhecidas como head tail, atingem mais pessoas, mas seu CPC é muito mais caro. Já as específicas, ou long tail, são mais baratas e costumam ser mais efetivas, pois atingem potenciais clientes.

O termo “jogos de videogame” é bem abrangente: disputado por empresas de todo o país, que vendem jogos para diversos consoles. Consequentemente, o lance para posicionar bem um anúncio com essa palavra-chave é muito mais caro.

Por isso, termos mais longos e específicos como “loja de jogos de videogame em Porto Alegre” ou “comprar jogos de videogame para PS4” podem ser boas opções para atrair os clientes certos.

#6 Segmente o público

De nada adianta desenvolver o anúncio perfeito, com as palavras e lances corretos, se ele for exibido para as pessoas erradas.

O Google Adwords permite segmentar o público de acordo com diversos critérios:

    • Localização: é possível filtrar o país, estado ou cidade
    • Idioma: relacionado ao idioma utilizado no dispositivo no momento do acesso
    • Dispositivo: se computador, tablet ou celular, e o sistema operacional – Android ou iOS, por exemplo.
  • Remarketing: anúncio aparecerá para pessoas que já acessaram seu site, ou seja, estão muito mais qualificadas e propensas a converter. Mas tome cuidado. Não deixe o Google escolher os sites que vão mostrar os seus anúncios, existem milhares de sites fake gerando grandes quantidades de tráfego fantasma. Escolhe os sites que você deseja que seus anúncios sejam vistos.

#7 Dê importância à página de destino

Ter uma boa página de destino, ou landing page, é muito importante para gerar conversão. Ela pode fazer parte de um site, um blog, uma fanpage do Facebook ou uma página de captura de leads, desde que esteja alinhada ao seu objetivo.

O ideal é desenvolver uma página de destino específica para a campanha, cujo conteúdo leve o usuário exatamente ao que ele busca. Além disso, é importante que ela esteja devidamente otimizada para os buscadores, aumentando o índice de qualidade – um dos critérios mais importantes para o bom posicionamento do anúncio.

Ainda utilizando o exemplo da loja de eletrônicos, se o termo utilizado na busca foi “comprar jogos de videogame para PS4”, o anúncio deve direcionar o potencial cliente diretamente para a página da loja virtual, onde sejam apresentados somente jogos de videogame para PlayStation 4.

#8 Utilize extensões de anúncio

O espaço disponível para descrever o anúncio é de apenas 80 caracteres e, muitas vezes, alguma informação importante fica de fora.

As extensões de anúncio são gratuitas e proporcionam mais espaço de conteúdo (as vezes o triplo), além de segmentar várias categorias do site e direcionar o usuário ao que ele precisa. O resultado desta ação é o aumento na taxa de cliques e na conversão.

Há várias opções de extensões de anúncio do Google Adwords e é importante que você utilize a maior quantidade possível – o Google apresentará somente as mais relevantes para cada pesquisa:

  • Local: pode apresentar o horário de funcionamento, endereço e rotas para chegar
  • Afiliados: direcionar ao site do parceiro onde seu produto é vendido
  • Frase de destaque: incluir frases adicionais, como “Frete grátis” ou “Suporte 24h”
  • Chamada: para que o usuário veja o número de telefone ou ligue diretamente
  • Mensagem: para que o usuário entre em contato por mensagem de texto (SMS)
  • Sitelinks: link para páginas específicas do site, como “Produtos” ou “Contato”
  • Snippets estruturados: incluir mais detalhes sobre cada subtítulo do anúncio
  • Preço: adicionar preços aos produtos e serviços descritos
  • Aplicativo: estimular o download de um aplicativo

#9 Realize testes

Uma das grandes vantagens do marketing digital é a possibilidade de testar e editar campanhas ainda em curso, e com o Google Adwords não podia ser diferente.

Os testes A/B propõem experimentar dois anúncios similares, com apenas 1 item diferente entre eles, para que seja possível identificar que formato funciona melhor em cada campanha.

Você pode fazer isso modificando apenas uma palavra em cada anúncio ou direcionando o clique para páginas de destino diferentes, por exemplo.

Dica extra: não deixe os testes rodando ao mesmo tempo pois, possivelmente, concorrerão entre si: o ideal é que você configure horários diferentes para exibição de cada anúncio, ou faça o teste com um anúncio durante 7 dias e só depois inicie o outro.

#10 Acompanhe os resultados

A fácil mensuração é outra vantagem do marketing digital, especialmente com tantas ferramentas disponíveis.

Você não pode configurar uma campanha e deixá-la rodando sem acompanhamento. Os índices de busca mudam todos os dias e os ajustes são essenciais para que você não perca visibilidade ou dinheiro.

O Google Adwords pode ser vinculado ao Google Analytics e, por meio dele, você faz o acompanhamento de performance das suas campanhas e analisa o retorno obtido com elas: isso faz com que você otimize o investimento, direcionando mais recursos para as campanhas que trazem resultados mais consistentes.

Embora o Google Adwords seja uma plataforma intuitiva, seus resultados dependem da convergência entre a inteligência estratégica e o uso correto das técnicas de configuração das campanhas.

Com bastante estudo e dedicação, até mesmo iniciantes podem obter resultados satisfatórios!

A ALT é uma agência certificada pela Google e acumula cases de sucesso com Google Adwords para pequenas e grandes empresas. Acesse www.altgrupo.com.br/adwords e conheça nosso processo desde a ideia até a veiculação da campanha!

Alexandre Fattori
Sobre o Autor

Alexandre Fattori

Google Plus
Publicitário formado pela ESPM, pós-graduado em marketing pela FGV, especialização em marketing pela Irvine University of California. Sócio da Alt e consultor de marketing do SEBRAE e, acima de tudo, apaixonado por Marketing digital.

Comentários

comments powered by Disqus

Mais Posts

ALT Grupo

Av. Cristovão Colombo, 2156/303
Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

ALT Blog