Viciados em Resultados

AltGrupo
AltGrupo

Google Analytics: o que você precisa saber para avaliar seu Marketing

28/10/2017 Por: Altgrupo

Depois de criar a estratégia, investir tempo e dinheiro em diversos canais, como saber se a sua empresa está tendo o retorno adequado? Ou ainda, como planejar a próxima estratégia sem saber o que precisa ser melhorado?

Conheça, neste artigo, o Google Analytics e entenda tudo o que você precisa saber para começar a avaliar seu marketing de verdade.

“Se você não pode medir, não pode gerenciar”. Esta frase foi citada por Peter Drucker, célebre professor e escritor, considerado o Pai da Administração Moderna, e sugere que a eficiência da gestão está associada à capacidade de medir e avaliar a estratégia adotada.

Esta é, inclusive, umas das grandes vantagens do Marketing Digital: a possibilidade de mensurar todos os dados fornecidos ao longo da navegação pela internet. Uma das melhores maneiras de fazer isso é por meio do Google Analytics.

O que é o Google Analytics?

É a principal plataforma de análise de dados na internet que, quando vinculada a todos os seus canais de comunicação, retorna informações valiosas sobre a saúde da sua empresa.

Essencial para avaliar o resultado dos esforços de Marketing, o Google Analytics apresenta o nível de sucesso da estratégia e o Retorno sobre o Investimento (ROI). Estes resultados são a principal fonte de insights para a definição dos próximos passos e o direcionamento eficiente dos investimentos.

Ciclo PDCA

Do inglês, “Plan, Do, Check and Adjust”, o ciclo PDCA conceitua as etapas do gerenciamento de qualquer projeto, enfatizando a importância da mensuração e análise das informações.

Para o Marketing Digital no Brasil, o ciclo ideal seria conhecido pela sigla PEMA:

#1 PLANEJAMENTO

Inicialmente, são feitas reuniões para definir missão, valores, metas e métodos para atingir os objetivos.

#2 EXECUÇÃO

Mão na massa! Aqui, o planejamento é colocado em prática, exatamente dentro do modelo proposto na primeira etapa.

#3 MENSURAÇÃO E ANÁLISE

Com a campanha “no ar”, é necessário monitorar, levantar dados, consolidar informações, gerar relatórios, confrontá-los com o Planejamento e, finalmente, avaliar os resultados.

Nesta etapa, o Google Analytics é o protagonista para a compilação de todos os dados.

#4 AJUSTE

Após conhecer os resultados desta estratégia, é hora de fazer um novo plano de ação, otimizar o que está bom no processo e substituir o que não trouxe retorno.

Então, inicia-se tudo novamente e, a cada ciclo, você terá resultados mais satisfatórios.

Indicadores básicos do Google Analytics para avaliar seu Marketing

Na etapa de Mensuração & Análise, você deve definir quais KPIs (Indicadores-Chave de Performance) são os mais relevantes para o objetivo da sua estratégia de Marketing.

Isso quer dizer que, no Google Analytics, você pode personalizar e configurar a plataforma com os indicadores que trarão mais insights para o seu negócio. Quanto mais simples e fáceis de mensurar, mais confiáveis serão.

Conheça alguns dos indicadores do Google Analytics:

Palavra-chave com maior tráfego

Descobrir o desempenho de cada palavra-chave utilizada em SEO (grátis) ou links patrocinados pode ajudá-lo a criar novos conteúdos relevantes e direcionar melhor os investimentos.

google analytics

Sessões/Visitas

É a quantidade de acessos à sua página num determinado período.

Pode apontar a variação de audiência após uma campanha ou até mesmo uma crise.

Usuários/Visitantes

Facilmente confundido com a quantidade de visitas, os usuários são as pessoas que visitaram a sua página.

O resultado destes indicadores geralmente é divergente, pois um mesmo visitante pode realizar mais de uma visita ao site no mesmo período.

Métricas de comportamento: Estão gostando do site?

As métricas de comportamento demonstram um panorama geral do que os visitantes estão achando do seu site.

Páginas por visita

Este indicador está ligado à quantidade de informações contidas no site: se há poucas páginas, é natural que o resultado seja baixo.

É ideal para saber, também, se o site está atrativo o suficiente para que o usuário se sinta motivado a visitar mais de uma página por acesso.

Duração média da sessão

Consiste no tempo de duração de cada sessão. Pode ter relação com a quantidade de informações do site, tamanho dos conteúdos publicados, como também com a qualidade dos conteúdos, que estimula o usuário a ficar mais tempo conectado.

Taxa de Rejeição

O nome assusta um pouco, mas o resultado deste indicador depende muito do conteúdo do site e do objetivo da empresa.

A taxa de rejeição corresponde à visita em que o usuário não executou nenhuma ação no site, ou seja, ele entrou, visualizou, não clicou em nada e saiu.

Se o objetivo de Marketing é que o usuário leia um texto em seu blog, uma taxa de rejeição mais alta não tem significado ruim. Porém, se for um e-commerce ou uma página de conversão (landing page), uma rejeição alta pode indicar problemas.

Avaliando, efetivamente, o sucesso da estratégia de marketing

As métricas já citadas são importantes de se acompanhar, mas o que efetivamente demonstra o sucesso de sua estratégia são as métricas de conversão.

origem das visitas

Origem das visitas

Este número afeta diretamente os investimentos financeiros da empresa, já que mostra qual canal está trazendo mais visitantes, vendas, conversões, etc.

Se um canal traz mais acessos e conversões, é muito mais interessante investir neste do que tentando alavancar outro que não traz retorno esperado.

Principais canais de origem das visitas:

  • Direct: quando o usuário digita a URL diretamente na barra de endereços
  • Social: quando o acesso veio por uma Rede Social
  • E-mail: acessos provenientes de uma campanha de e-mail marketing
  • Referral: quando um site referenciou o seu em alguma publicação (link)
  • Organic Search: pesquisa orgânica/grátis pelos mecanismos de busca (ex. Google)
  • Paid Search: acesso por meio de um anúncio (pago) nos mecanismos de busca

Conversões

Na aba de conversões você tem acesso a diversas informações essenciais. Sugerimos que todas as métricas sejam visualizadas com atenção mas podemos reforcar:

  • Melhores caminhos de conversão: Esta métrica mostra exatamente como cada canal (Google, Facebook, Email, etc.) auxilia nas conversões do seu site. É comum alguns profissionais, ao analisarem seus investimentos, julgarem de forma equivocada cada canal, acreditando que um determinado investimento em Google não trouxe conversões no site. Isto acontece porque a pessoa analisa o canal responsável pelo último clique antes da conversão e ignora todos os outros que participaram do caminho da conversão e sem os quais ela não aconteceria. Esta métrica vai ajudá-lo e distribuir os méritos de maneira correta.

melhores caminhos de conversao

  • Visualização do funil: Se você oferece um orçamento online no seu site ou tem uma loja virtual, é essencial avaliar esta métrica para entender em quais páginas (cadastro, checkout…) as pessoas estão abandonando e, dessa forma, buscar melhorias para diminuir este fluxo de saída.

O Google Analytics disponibiliza inúmeros outros dados que você pode saber para avaliar seu Marketing, mas estes oferecem um ótimo conjunto de informações aos empresários sobre seus negócios.

Além dos mencionados, é possível mensurar e analisar muitos outros indicadores, como Região do Acesso, Páginas mais Acessadas e até quais os Navegadores e Dispositivos utilizados pelos usuários. Observando os indicadores corretos, você atingirá o objetivo com menor investimento, o que representa uma gestão totalmente eficiente!

Altgrupo
Sobre o Autor

Altgrupo

Google Plus
Publicitário formado pela ESPM, pós-graduado em marketing pela FGV, especialização em marketing pela Irvine University of California. Sócio da Alt e consultor de marketing do SEBRAE e, acima de tudo, apaixonado por Marketing digital.

Comentários

comments powered by Disqus

Mais Posts

ALT Grupo

Av. Cristovão Colombo, 2156/303
Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

ALT Blog