Viciados em Resultados

AltGrupo
AltGrupo

Inbound Marketing X Outbound Marketing: qual deve ser o foco da sua empresa?

04/03/2016 Por: Alexandre Fattori

Eu vou começar este artigo fazendo uma pergunta: você saberia me dizer o que é marketing tradicional e marketing digital?

Porque falar de inbound e outbound é algo bem próximo disso. Inicialmente, é possível associar os tradicionais meios de comunicação ao outbound marketing, e as novas tendências do marketing digital ao inbound marketing —  numa compreensão primária, é claro.

O inbound e o outbound são duas formas bastante diferente de estratégias de marketing, mas que, apensar de distintas, podem ser complementares de acordo com os objetivos da sua campanha. Acompanhe o post de hoje e saiba mais!

Outbound marketing e o jeito tradicional de se relacionar

O outbound é conhecido como jeito tradicional de se fazer marketing, principalmente por usar meios de comunicação em massa que já são utilizados há muito tempo, como o rádio, a televisão, o outdoor, entre outros.

São meios que, de forma geral, não dão espaço para uma resposta — eles são mais diretos e mais objetivos.

O discurso é claramente publicitário e é facilmente identificado pelo público como um anúncio. Um dos principais problemas dessa metodologia é que o seu impacto e resultado não é facilmente mensurável.  Não existe uma maneira segura de medir o ROI destas ações.

Mas o Inbound marketing não é apenas uma estratégia mais vantajosa do que o marketing tradicional. Ele traz mais benefícios do que investir apenas em anúncios no Google ou Facebook. Pois ao contrário do que acontece nestas plataformas, que quando você para de investir, deixa de “receber”, o inbound marketing produz resultados perenes.

inbound marketing x marketing tradicional

Inbound Marketing x anúncios (fonte: 4seleto)

Inbound marketing na conquista do cliente

O inbound é moderno, envolvente e eficaz.

Eu costumo dizer que é como uma paquera: você procura se apresentar, responder as dúvidas, mostrar se uma boa opção para, enfim, conquistar.

Ou seja, o inbound é uma ação envolvente e estrategicamente preparada para a construção de um relacionamento e um diálogo com o cliente. Isso é necessário pois ele está mais crítico, mais reflexivo e mais aberto a novas experiências.

É isso o que o inbound marketing faz: primeiro, cria-se a persona, com as principais características, necessidades e dúvidas. Na primeira fase, o seu usuário está descobrindo a necessidade de usar o seu produto/serviço, através da produção de conteúdo a sua empresa pode ser encontrada por este cliente em potencial.

Após produzir conteúdo e participar dos resultados de busca sobre os temas que o possível cliente está buscando, começam as etapas de nutrição deste lead.

Nutrição de Leads é, basicamente, responder dúvidas e eliminar as possíveis barreiras que impedem o cliente em potencial de se tornar seu cliente efetivo. A maneira mais comum de conduzir este relacionamento, sem ser intrusivo, é por e-mail. Abaixo, uma imagem de como funciona o trabalho:

etapas do inbound marketing

Etapas do inbound marketing

Vantagens e desvantagens

Eu acredito na força dos dois, tanto do outbound quanto inbound marketing. O outbound dá certo e traz muitos resultados em contextos em que é necessário o contato mais direto e off-line com o público.

Por outro lado, o marketing digital se renovou com a inserção do inbound marketing nas suas ações estratégicas de relacionamento com o cliente.

E é importante ressaltar que não basta gerar qualquer conteúdo e dizer que é inbound. Certamente, o diálogo com o cliente exigirá muito mais técnica e profissionalismo.

O que eu tenho a dizer é que escolher um ou outro não é uma ação isolada. Eles se complementam e devem ser estudados de acordo com um planejamento estratégico da campanha como um todo.

Analisar a empresa, os objetivos, a linguagem, o público e a concorrência é o mínimo que se pode esperar antes de avaliar qual estratégia de marketing é mais adequada.

Quando o trabalho é feito com profissionalismo e sabe-se o porquê de cada escolha, o sucesso é consequência do seu trabalho.

Espero que o post de hoje tenha ajudado a esclarecer as diferenças entre o inbound e o outbound. Se quiser saber mais sobre o assunto, veja também as 7 coisas que você precisa saber sobre marketing digital.

Alexandre Fattori
Sobre o Autor

Alexandre Fattori

Google Plus
Publicitário formado pela ESPM, pós-graduado em marketing pela FGV, especialização em marketing pela Irvine University of California. Sócio da Alt e consultor de marketing do SEBRAE e, acima de tudo, apaixonado por Marketing digital.

Comentários

comments powered by Disqus

Mais Posts

ALT Grupo

Av. Cristovão Colombo, 2156/303
Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

ALT Blog