Viciados em Resultados

AltGrupo
AltGrupo

O que é o Remarketing e 4 motivos para investir nele

22/12/2015 Por: Alexandre Fattori

Se em 2015 todo mundo foi pego de surpresa pela crise, 2016 vai ser o ano de encontrar soluções criativas e, de preferência, baratas para atrair uma clientela cada vez mais descrente e sobreviver perante à fuga de investimentos. Em se tratando de marketing digital, apostar na melhor experiência do cliente por meio dos anúncios de remarketing é uma tendência que não só vem se mostrando mais econômica que as campanhas tradicionais, como também extremamente eficaz para impulsionar conversões.

Neste post, você vai ficar por dentro do que é remarketing, além dos principais motivos para começar a investir nele desde já. Confira:

O que é o remarketing?

Se você já utilizou o e-commerce para comprar, digamos, uma passagem de avião, desistiu pouco antes de fechar a transação e, a partir daí, todas as vezes em que navega por portais e acessa o Facebook você se depara com anúncios de passagens similares a que você quase comprou, tem uma boa ideia do que seja o remarketing na prática.

Remarketing é uma tática formulada pelo Google Adwords (outras empresas, como o Facebook, usam o termo retargeting) em que, através de um cookie, o anunciante é capaz de rastrear visitantes de um site/blog/loja virtual, identificando seus comportamentos e interações.

O objetivo é segmentar esses potenciais clientes para criar ofertas, campanhas e promoções personalizadas que acelerem o processo de conversão e proporcionem mais vendas. Com a simples instalação de um código — ou tag de remarketing — qualquer página pode registrar os “passos” de seus usuários.

remarketing

4 bons motivos para investir no remarketing google

  • Menor custo: investir em anúncios para clientes que já interagiram com seu site e deixaram informações é bem mais barato do que atrair um novo cliente.
  • Redução do ciclo de vendas: muitas vezes, o ciclo de vendas demora semanas e até meses se depender apenas da boa vontade do cliente. Com o remarketing, seu anúncio se transforma em uma espécie de lembrete sobre um ato de compra que o cliente ainda não concluiu por inúmeras razões.
  • Fidelização: quem é que não gosta de receber um aviso sobre a disponibilidade de um produto que se encontrava fora de estoque? O remarketing é um complemento importantíssimo da nutrição de leads.
  • Mais conversões: talvez determinado consumidor não tenha fechado uma compra por causa de uma queda na rede de energia elétrica, falta de limite no cartão ou inúmeras outras razões. Com o remarketing, fica mais fácil para esse mesmo cliente retomar a compra de onde parou.

Outra opção é incorporar o remarketing nas mídias sociais, como o Facebook, que hoje conta com mais de 90 milhões de usuários brasileiros inscritos. Além de alcançarem visitantes que já passaram pelo seu site por meio de anúncios de remarketing estatíticos ou no mais novo formato de carrossel, os valores pagos por cada clique nas redes sociais costumam ser menores ainda, podendo variar de R$1 a R$10.000, dependendo do tipo de estratégia.

E então, esse post foi realmente útil para você? Tem mais alguma dúvida sobre remarketing facebook e google? Aproveite e conta para mim aí nos comentários!

 

Alexandre Fattori
Sobre o Autor

Alexandre Fattori

Google Plus
Publicitário formado pela ESPM, pós-graduado em marketing pela FGV, especialização em marketing pela Irvine University of California. Sócio da Alt e consultor de marketing do SEBRAE e, acima de tudo, apaixonado por Marketing digital.

Comentários

comments powered by Disqus

Mais Posts

ALT Grupo

Av. Cristovão Colombo, 2156/303
Bairro Floresta - Porto Alegre/RS

ALT Blog