Facebook Ads: 5 dicas para um anúncio infalível

facebook-ads-dicas-min

Assim como o marketing tradicional, o marketing digital também segue constantemente evoluindo.

Se no início dos anos 2000 era comum ver a grande maioria dos anúncios somente em banners dentro de um site, hoje eles estão nos mais diversos locais possíveis: redes sociais, plataformas de vídeo, imagens, sites de notícias e uma infinidade de outras possibilidades.

De forma geral, fazer o básico não é mais suficiente para gerar um anúncio de bom desempenho no Facebook.

Diversas questões interferem diretamente (e indiretamente também) no desempenho que seus anúncios poderão ter.

Trabalhando dentro do ambiente dam plataforma do Facebook Ads, suas escolhas estarão 100% ligadas ao resultado final que seus anúncios obterão, sejam eles bons ou ruins.

Neste artigo, vamos falar brevemente de 10 dicas essenciais para que seus anúncios sejam infalíveis dentro da ferramenta de anúncios do Facebook.

1- Entenda e planeje o que você quer realizar com seus anúncios

Antes de qualquer coisa, você precisa traçar seus objetivos e como eles podem ser alcançados dentro do gerenciador de anúncios do Facebook.

Tendo uma grande variedade de opções de otimização de campanha, você terá que escolher quais podem se adequar da melhor forma para o que você deseja. Se você tiver dúvidas a respeito destas otimizações, pesquise sobre elas e entenda como cada uma funciona.

Por exemplo, se você quiser divulgar a sua marca, fazer com que as pessoas “saibam que você existe”, muito provavelmente uma campanha de alcance seja o mais adequado para o que você precisa.

Agora, se você precisa de pessoas acessando seu site e realizando ações de conversão dentro dele (comprar produtos, agendar horários, etc), você poderá optar por uma campanha de conversões no site.

Levando essas informações em consideração, pense e planeje como você irá estruturar suas campanhas antes de começar a veicular seus anúncios.

2- Dê atenção para seu site

Sabemos que na maioria das vezes criar ou ajustar um site sai caro, mas possuir um site mal otimizado sai mais caro ainda (e enriquece apenas o Facebook).

Não podemos deixar de frisar o quão importante é ter um site bem otimizado, intuitivo e voltado para conversões. Você pode ter os melhores anúncios do planeta, mas caso seu site não seja realmente bom, de nada isso irá adiantar.

Você precisa que seu site esteja 100% preparado e ajustado para receber visitantes e gerar conversões de forma prática e direta.

Oferecer formulários de contato ou cotação, ter um bom UX, tentar dificultar o mínimo possível a navegabilidade com artifícios sem utilidade ou propósito, entre outros.

Tudo isso fará com que seu site esteja melhor preparado para receber e converter visitantes.

3- Explore e conheça seus públicos

Parte muito importante para o sucesso de seus anúncios é o público que você irá atingir.

De forma geral, temos dois tipos de público: o frio e o quente. O público frio refere-se a pessoas que ainda não tiveram contato com sua marca ou produto, e que tendem a gerar um custo por lead (CPL) mais elevado.

Nele se encaixam públicos de interesse, lookalikes, etc.

Já o público quente são listas personalizadas, visitantes do site, pessoas que visualizaram seus vídeos, entre outros.

A forma com que você irá utilizar e testar seus públicos vai depender de uma série de fatores como: sua verba disponível (cada conjunto possui um orçamento mínimo), o tráfego que seu site possui, o engajamento do público com suas páginas do Facebook e Instagram, etc.

Uma estratégia interessante é começar com um público bem amplo, sem grandes limitações, e focar em testar seu criativo (copy, imagens, títulos, formatos).

Após validar os melhores criativos, partir para o teste de quais os melhores públicos para seus anúncios.

Seguir essa estratégia permite que você possa ver quais são os anúncios que efetivamente geram um bom resultado, podendo posteriormente focar apenas em encontrar os melhores públicos para os mesmos.

4- Utilize o remarketing - mas com cuidado!

Também dentro do contexto de públicos, o público de remarketing pode lhe trazer ótimos resultados, mas é preciso ter muito cuidado ao lidar com ele.

Em sua grande maioria, este tipo de público é bem pequeno (menos de 1.000 pessoas), portanto, não coloque muita verba para a campanha ou conjunto voltado para ele.

Você corre um grande risco de saturar muito rapidamente seus públicos de remarketing se utilizar uma verba inadequada para ele.

Utilizando uma verba correta (pequena) juntamente de anúncios com copy voltada para este público (nunca mostre um anúncio igual ao que ele já viu), você irá conseguir um CPL muito mais baixo do que os de públicos frios. Lembre-se, 97% dos visitantes de um site não convertem na primeira visita, é muito mais fácil anunciar para pessoas que já conhecem sua marca.

Dentro dos públicos de remarketing, você poderá escolher entre diversas opções, algumas delas são as seguintes:

Visitantes de seu site

Lista de clientes que você já vendeu um produto ou serviço

Lista de clientes que entraram em contato mas não completaram uma compra

Pessoas que visualizaram seus vídeos

Lembre-se que para poder utilizar os públicos de remarketing, você irá precisar criar e instalar o pixel do Facebook.

Através deste link, você terá um passo a passo de como realizar esta ação. Caso seja necessário, entre em contato com o suporte do Facebook ou peça auxílio para seu webmaster.

5- Aproveite os públicos semelhantes

Assim como o público de remarketing, os públicos semelhantes também podem lhe trazer um ótimo resultado.

Estes públicos são criados com base em seus públicos personalizados, ou seja, se você possui um público que é uma lista de pessoas que compraram seu produto ou serviço, você pode criar um público semelhante para ela, e o Facebook irá mostrar seu anúncio para pessoas com um perfil próximo do que há dentro de sua lista.

Quanto menor a porcentagem (1%, 2%), maior a assertividade que seu público personalizado terá.

Você pode criar públicos semelhantes a partir dos mais diversos públicos personalizados: pessoas que preencheram formulários, pessoas que visualizaram seus vídeos, visitantes do site, listas personalizadas, listas de e-mails, entre outros.

É importante ressaltar que você deixe suas listas de clientes o mais completas possíveis. Informações como nome, telefone e email são o básico para que você possa criar uma lista realmente efetiva dentro do gerenciador de anúncios.

Desta maneira o Facebook conseguirá refinar muito mais seus públicos semelhantes a partir de listas personalizadas.

6- Faça testes, muitos testes.

Fazer testes é parte essencial do sucesso dentro da ferramenta de anúncios do Facebook.

A ferramenta otimiza seus conjuntos e anúncios para o que trouxer um melhor resultado, portanto, fornecer opções para o Facebook otimizar é algo muito importante.

Teste seus criativos, formatos de anúncios, públicos, segmentações, tipos de campanhas e tudo mais que você possui à disposição.

Esgote suas possibilidades para compreender o que funciona melhor para você e para seu negócio.

Não há fórmula mágica para fazer seus anúncios funcionarem, pois lembre-se, você está lidando com pessoas, e nem sempre o quê faz “mais sentido” é o que vai funcionar melhor.

Portanto, é essencial que você não fique no básico, e expanda suas possibilidades com as várias opções que a ferramenta fornece.

7- Biblioteca de anuncios facebook ads: Como criar copys realmente interessantes

Falar mais do mesmo não é de forma alguma suficiente.

Com cada vez mais anunciantes disputando a atenção das pessoas, ter um texto diferenciado é crucial para que seus anúncios tenham um bom desempenho.

Você não precisa ser um especialista nesse quesito, mas é necessário buscar conhecimento e estratégias sobre o copywriting para poder se aperfeiçoar e criar bons textos persuasivos.

Existe uma grande variedade de abordagens e possibilidades que você pode utilizar para ter sucesso com suas copys: storytelling, gatilhos mentais, títulos que geram curiosidade, entre outras diversas opções.

Como já trouxemos aqui neste texto, faça testes.

Teste copys longas, copys curtas, copys que levem para um “lado mais emotivo”, copys diretas ao ponto e tudo mais que você considerar relevante para seu segmento.

Também veja quais copys seus concorrentes estão utilizando e, caso seja interessante, utilize algo parecido.

Você pode conferir o que seus concorrentes estão fazendo através do Facebook Ads Library.

8- Utilize todo o suporte prestado pelo Facebook

Se você estiver enfrentando algum problema dentro da ferramenta de anúncios, não se preocupe!

Você pode tanto acessar artigos quanto falar diretamente com o suporte do Facebook, que irá lhe auxiliar para ajustar seu problema.

Acessando este link você irá acessar a central de ajuda do Facebook, e poderá optar por buscar artigos ou em falar diretamente com uma pessoa para lhe auxiliar.

Caso você tenha alguma dúvida relacionada à publicidade (anúncios, públicos, pixel, posicionamentos, etc), basta clicar aqui, e você terá acesso a todo conteúdo fornecido pela ferramenta.

9- Observe e interaja com o público

O trabalho relacionado aos anúncios não se restringe somente a criar e publicar eles.

É extremamente importante que você ou seus colaboradores interajam e respondam qualquer dúvida ou manifestação das pessoas em seus anúncios.

Sempre que for preciso, faça intervenções. Não deixei comentários negativos afetarem sua marca e/ou produto.

Lembre-se de sempre seguir estes passos e renovar continuamente a sua estratégia para aproveitar as últimas tendências do mercado e do comportamento da sua audiência.

Por fim, analise os resultados obtidos para melhorar o que não deu certo e replicar o que foi bem-sucedido.

10- Métricas Facebook Ads: Faça o acompanhamento constante de suas campanhas e anúncios

Sempre faça um acompanhamento próximo e constante de seus anúncios, públicos, testes e tudo mais que você fizer dentro do ambiente do gerenciador de anúncios através das diversas métricas que a plataforma do Facebook disponibiliza.

Qualquer ação que você tomar precisa ser avaliada e observada, e sempre que preciso, tomar providências a partir do resultado que ela trouxer.

Pausar anúncios, replicar uma estratégia, modificar algo específico de um público, mudar um posicionamento, entre outras possibilidades.

Portanto, sempre que possível, acompanhe de perto o desempenho de seus anúncios, e observe atentamente o impacto que suas ações dentro do gerenciador de anúncios estão gerando.

Saber o que está ocorrendo e porque está ocorrendo é parte essencial para que seu trabalho possa ser efetivo e que ele possa trazer bons resultados para você e seu negócio.


Análise gratuita da sua
performance digital

Receba uma análise sem custo da performance da suas campanhas
de Google Ads, Facebook Ads, Redes Sociais ou Website.

Recomendaremos ações e sugestões de melhoria.