Google Ads para o Mercado Imobiliário – 8 dicas que ninguém te contou para converter (muito!)

google-ads-imobiliaria

O mercado imobiliário tem muita concorrência. Para driblar isso, você tem usado a internet a seu favor? Como está a conversão dos seus leads? E a produção de anúncios? Não sabe do que estamos falando? Não deixa de ler este artigo!

A velocidade com que a informação e as novas tendências surgem é assustadora.

Todo mundo precisa se adaptar, independentemente do que esteja vendendo.

Isso porque não estamos mais na era dos panfletos.

É tempo de encantar e captar as pessoas onde elas estão: online.

Pode ser fácil falar, na teoria tudo é bonito. Mas e na hora de pôr em prática? Especialmente em tempos de crise, é de fato mais desafiador encantar o cliente.

E em se tratando de possível comprador ou locatário de imóveis, então, nem se fala!

O marketing digital imobiliário nada mais é do que fazer um bom uso de estratégias digitais para promover a empresa ou corretor, bem como seus imóveis em oferta.

Através de uma série de ferramentas, é possível gerar mais leads, isto é, aumentar o número de clientes que demonstram interesse no seu produto – os imóveis.

E para ficar bem claro: estes contatos valem ouro!

Em uma analogia livre, seria como dizer que eles já estão na marca do pênalti, só falta chutar a gol.
Antes de comemorar a vitória, no entanto, há um bom caminho a percorrer.

O clique do usuário não necessariamente significa que o negócio está fechado.

Mas transformar contatos em potenciais clientes é possível se houver planejamento e bom uso do que a publicidade na internet dispõe.

Mas não existe plano online eficaz se ele não abranger o Google.

Ah, o Google... Vamos entender melhor?

O que é o Google Ads?

O Google Ads é a principal plataforma publicitária da gigante da internet.

E assim sendo, trata-se de sua principal fonte de receita (vêm daí todos os seus bilhões de dólares).
As empresas criam suas estratégias de divulgação e vão ao Google Ads para colocá-las em prática.

Os links patrocinados ou anúncios pagos são “propagandas digitais”, que ficam visíveis aos usuários na Rede de Pesquisa, nos sites, pela chamada Rede de Display, e até mesmo em produtos como Gmail e YouTube.

Vantagens de Utilizar o Google Ads para Vender Imóveis

Somos suspeitos para falar, porque temos o selo Google Partner.

Mas não há como desmerecer o Google e o que ele possibilita no mundo dos negócios.

Poderíamos ficar muito tempo provando que, se usado de forma correta e bem pensada, o investimento em Google sempre será certeiro.

De qualquer forma, elencamos três das principais relevâncias:

Mais Credibilidade (para sair na frente da concorrência)

A máxima de que “quem não é visto não é lembrado” faz todo sentido na era digital.

Usar o Google Ads garante que sua marca ou nome fique em voga para quem pesquisa.

Mas uma diva valiosa: não adianta apenas marcar presença. Isso significa dinheiro mal investido. Vamos ser repetitivos ao longo deste artigo: planejamento é a alma do negócio.

Imóveis mais Visíveis

Uma marca com visibilidade já é meio caminho andado para tornar os imóveis mais visíveis e, logo, gerar mais conversões.

E mesmo que alguém clique no anúncio e não converta, pelo menos as visualizações vão aumentar e demonstrar o quão requisito aquele “produto” é!

Conhecendo Quem Quer Comprar ou Alugar

Por meio de todas as métricas possibilitadas pelo Google, além de aumentar credibilidade e visibilidade, é possível conhecer a audiência de forma detalhada.

O seu público-alvo nem sempre está muito claro, mas basta criar alguns anúncios, monitorá-los e pronto, você já saberá, a partir dos resultados, qual o perfil das pessoas que de fato está se interessando pela marca ou imóvel.

Como começar a iniciar no Google Ads para Vender Imóveis?

Já sabendo a importância do Google, vamos à prática.

A partir daqui, o conteúdo que vamos mostrar é mais técnico e diz respeito a ferramentas do Google em prol de anúncios efetivamente “vendáveis”.

São 8 dicas infalíveis para começar a pôr em prática já!

A gente adianta: o seu concorrente certamente não está atento a tudo isso.

Se ficar difícil de entender, é só nos chamar.

Se tem uma coisa de que gostamos é bater papo sobre o meio digital! 

1) Estabeleça os Tipos de Campanha

Um bom planejamento de campanha no Google Ads deve contemplar:

- Objetivos (tornar a imobiliária mais conhecida, gerar leads para os corretores etc.);

- Análise do cenário, da concorrência e do público-alvo;

- Definição do orçamento e das métricas para mensurar os resultados.

A partir deste plano, pode-se partir para o tipo e subtipo de campanha.

O tipo determina onde os potenciais clientes poderão ver os anúncios.

Pode ser:

Rede de pesquisa com exibição em display: os anúncios são exibidos quando as pessoas buscarem por termos correspondentes às palavras-chaves na pesquisa do Google, bem como em sites parceiros e páginas relevantes.

- Apenas na rede de pesquisa: os anúncios aparecem acima ou abaixo dos resultados da pesquisa Google, Google Maps, Google Play e Google Shopping;

- Apenas na rede de display: ótimo formato de campanha para alcançar as pessoas certas enquanto elas navegam na internet em seus sites preferidos;

- Vídeo: é possível exibir os vídeos sozinhos ou em conteúdo de streaming de vídeo no YouTube, bem como em toda a rede de display do Google;

- Apps: não é possível criar anúncios individuais em campanhas para apps. O Google usará os materiais e ideias do texto de anúncio para criar diversos anúncios em uma série de formatos;

Outro tipo também é o Google Shopping, mas imóveis não podem ser anunciados nesta plataforma.

Ela é em geral utilizada para produtos de menor valor agregado.

2) Dê play em Campanhas de YouTube

O YouTube merece uma dica à parte neste artigo. Que atire a primeira pedra quem, ao menos uma vez por semana, não acaba caindo em algum vídeo no YouTube.

Sabia que o grau de atenção a um anúncio por lá é 84% superior quando comparado a um anúncio na TV?

E por que sua imobiliária não está aproveitando essa visibilidade? Os anúncios no YouTube podem ser:

- TrueView Ads/Skippable (ignoráveis): o anunciante só paga se o usuário visualizar e interagir com o anúncio, ou seja, se ele não clicar em “pular este anúncio”.

Podem ser Video Discovery Ads, que são os anúncios que aparecem na home do YouTube, nos resultados de pesquisa do YouTube e na parte de vídeos relacionados, ou ainda In-Stream Ads, aqueles anúncios de vídeo antes de iniciar o conteúdo a que o consumidor pretende assistir.

- Non-skippable video Ads (não ignoráveis): podem ser reproduzidos antes, no meio ou no fim do vídeo que os espectadores pretendem ver, porém, são obrigatoriamente vistos até o fim.

- Bumper Ads: anúncios que exercem a função de vinheta, tendo apenas 6 segundos e sem a opção de pular.

Aparecem no início do vídeo clicado pelo usuário.

Como toda campanha, a de YouTube também requer planejamento e monitoramento constante.

Além disso, aposte em vídeos com conteúdo e programação visual de fato atrativos.

3) Invista tempo no Planejador de Palavra-Chave do Google

O Google é uma mão na roda. Ele conta com o keyword planner, um planejador de palavras-chave, ideal para quando não se sabe ao certo por quais palavras começar a investir.

A ferramenta proporciona visualizar o volume de pesquisa, além de provisionar o desempenho futuro de determinada palavra.

4) Use e abuse do SKAG (single keyword ad group)

SKAG (Single Keyword Ad Group - Uma palavra-chave por grupo de anúncio) significa grupo de anúncio de palavra-chave única. É uma técnica usada para se alcançar um índice de qualidade muito mais ampliado.

Funciona assim: você tem uma campanha dando muito certo no Google.

A técnica SKAG vai fazer a palavra-chave com alto rendimento bombar ainda mais com novos anúncios dentro do mesmo contexto.

Assim, você garante uma taxa de clique maior, porque os anúncios refletem exatamente o que o usuário tem buscado no Google.

skag

Como usar a SKAG:

1) Isole a palavra-chave com melhor performance.

2) Formule entre 3 e 6 anúncios novos, contextualizando com a palavra-chave escolhida, que deve levar às páginas de destino correspondentes.

Lembre-se de pensar com a cabeça do usuário ao pensar nos anúncios.

3) Coloque os novos anúncios no ar e monitore.

A SKAG  consegue melhorar taxa e número de cliques, custo por clique (CPC), índice de qualidade, taxa e volume de conversões, custo de aquisição (CPA).

E além disso, ainda faz com que o valor investido seja muito mais bem aproveitado!

Remarketing: a perseguição do bem

O remarketing é a melhor forma de abordar as pessoas que recentemente tenham interagido no site da imobiliária.

Ele permite reposicionar de forma estratégica os anúncios para o público-alvo enquanto eles navegam no Google ou em sites parceiros.

A vantagem é o aumento da notoriedade da marca e especialmente o inventivo para que o cliente interaja com a empresa.

Tudo a um Clique com as Extensões de Anúncio

Uma dica valiosa na hora de criar os anúncios é usar com consciência as extensões de anúncio, que são recursos que podem persuadir ainda mais o usuário.

Eles incluem botões de chamada, informações de local, textos adicionais e links para páginas específicas do site da imobiliária, tudo a um clique do usuário, logo abaixo do título do anúncio.

Mas atenção!

Elas precisam ser específicas mesmo, ok? Isso é um ponto importante.

Cada grupo de anúncios deve ter extensões únicas, exceto quando for para inserir número de telefone ou endereço, por exemplo, que são informações gerais e importantes o tempo todo.

Campanhas Inteligentes da Rede Display

E por falar em campanhas, o Google oferece a chamada Smart Campaign, visando facilitar a vida do anunciante.

Trata-se de uma solução simples e inteligente de fazer a gestão de todas as variáveis de publicidade na rede de display.

Entre as vantagens, estão a otimização para suposições de segmentação, lances automáticos e criação automática de anúncios, a partir de algumas informações que você mesmo fornece.

É uma boa alternativa para quando se pretende atrair mais público-alvo, para além dos selecionados manualmente, e em especial para pessoas leigas, ainda não ambientadas com o Google Ads.

Importe as Conversões do Google Analytics

O Google Analytics é primordial para mensurar como correram as campanhas.

As vantagens de importar os objetivos para acompanhamento de conversões incluem acessar todos os dados relacionados aos cliques dos anúncios, bem como analisar os lances a fundo.

Como resultado, é possível aumentar as conversões e reduzir custos substancialmente.

A gente sabe, é muita coisa, né? E conforme escrevemos ali em cima, ficaríamos um bom tempo dando ainda mais dicas sobre o universo online, especialmente em se tratando de Google.

Mas agora que tal batermos um papo personalizado?

Nós temos expertise no marketing imobiliário e podemos te ajudar.

Se você leu tudo, já está anunciando e gostaria de entender como melhorar ainda mais confira aqui para saber como.

Ah, importante saber, a ALT também tem cursos específicos para o mercado imobiliário.

E ai, gostou? Tem dúvidas? Entre em contato!


Análise gratuita da sua
performance digital

Receba uma análise sem custo da performance da suas campanhas
de Google Ads, Facebook Ads, Redes Sociais ou Website.

Recomendaremos ações e sugestões de melhoria.