Por que sua empresa deve ter uma estratégia de SEO

Está comprovado que o tráfego orgânico - tráfego proveniente de uma pesquisa  no Google/Bing - converte 400% melhor do que qualquer outro tipo de tráfego além do email marketing.

Além disso, investimento em SEO paga um ROI de 10x o valor investido. 

Isso porque o SEO ajuda as empresas a construirem relacionamentos com clientes em potencial nos mais diversos estágios de compra.

E o melhor, uma vez conquistada uma posição, os resultados são perenes, ou seja, tendem a se manter iguais com algumas oscilações eventuais.

Quando uma empresa aparece nas primeiras posições dos resultados da pesquisa, ela garante a confiança do cliente.

A partir daí, a empresa pode trabalhar para construir respeito e credibilidade.

Pagar por anúncios oferece resultados de curto prazo por um preço alto.

O SEO ajuda as empresas a fornecerem aos visitantes o conteúdo que desejam, construindo um público ao longo do tempo.

Como começar?

1) Abra uma conta no Google Search Console. Ela permite que você entenda como o seu site está sendo avaliado pelo Google e se tem algum problema a ser resolvido.

2) Crie um planejamento de contéudo com a ajuda de ferramentas como SEMRUSH. A ferramenta mostra volume de buscas por palavra-chave e concorrência.

3) Produza conteúdos de boa qualidade;

4) Utilize um plugin para auxiliar no set up de SEO

Estratégia de SEO para melhorar indexação: Identificar páginas de baixo valor no site da sua empresa

Em uma estratégia de SEO, identificar e remover páginas de baixo valor melhorará a indexação e visibilidade do seu site no Google.


Isso acontece porque o Google possui o que chamamos de Crawl Budget, que nada mais é do que um determinado tempo disponível para rastrear as páginas e conteúdos do site da sua empresa.


Se o seu site for recheado de páginas e conteúdos irrelevantes você poderá estar abrindo mão que o Google indexe páginas realmente relevantes.

 

Mas como identificar estas páginas?


1. Rastreie seu site com uma ferramenta como o Screaming Frog para obter uma lista de todos os URLs, verifique se há páginas com elementos ausentes e investigue se vale a pena consertá-los. 

2. Mescle e redirecione as páginas duplicadas comparando o conteúdo e determine qual delas tem as melhores informações e mais visitas.

3. Mesclar e redirecionar páginas finas com menos de 500 palavras.

4. Use Google Analytics, Comportamento> Conteúdo do site> Todas as páginas para ver o total de visitas a cada página do seu site, identificar quais páginas recebem menos tráfego e determinar quais páginas não valem a pena manter ou atualizar.

5. Verifique suas métricas externas, como backlinks e número de domínios de referência apontando para cada página, usando uma ferramenta como o Ahrefs ou SemRush

As páginas sem links podem ter um valor inferior. Veja quais páginas têm compartilhamentos de mídia social.

As páginas sem compartilhamentos podem ser de valor inferior.

6. Vá para o Google Search Console e verifique a taxa de cliques (CTR) de suas páginas para determinar a frequência com que são visitadas na pesquisa orgânica. 

Estratégia de SEO: Realize pesquisas para otimização das páginas do seu site

1. No Google Search Console, vá para Desempenho> Consultas para ver as frases que você já classificou. Exporte-os para uma planilha.

2. Execute buscas pelas palavras-chave por meio da pesquisa do Google ou de uma ferramenta de SEO como SEMrush e Ahrefs, para ver como está seu desempenho.

O Google Search Console nem sempre mostra posições de pesquisa. Isso ajudará você a saber exatamente onde está classificado para essas palavras-chave.

Se você estiver na primeira posição para qualquer palavra-chave, não precisará fazer nada além de monitorar neste ponto. Se não estiver (ou sua classificação caiu), adicione-os a uma nova guia Otimização na planilha.

3. Insira as palavras-chave em uma ferramenta de SEO como SEMrush ou Ahrefs para obter dados de volume de pesquisa, variações das palavras-chave e palavras-chave relacionadas.

4. Verifique os primeiros cinco resultados no SERP para suas palavras-chave para entender o tipo de classificação de páginas para ele.

Por exemplo, se o tipo de página for postagens de blog e não páginas de produto, é improvável que você obtenha uma classificação elevada para esse termo com uma página de produto.

5. Observe as áreas cobertas por seus concorrentes que não são mencionadas em seu conteúdo.

Por exemplo, se seus concorrentes têm seções em seu conteúdo que são relevantes para a palavra-chave, mas você não, edite seu conteúdo para cobrir essas áreas.

6. Observe os resultados na guia Todos no Google para ver se há imagens, vídeos, resenhas e resultados de dados estruturados. 

Se o Google está exibindo vídeos, significa que os vídeos são um bom formato para sua consulta de pesquisa. Quaisquer informações extras fornecidas - como vídeos ou avaliações - adicione-as ao seu conteúdo sempre que possível.

7. Para cada palavra-chave, faça uma pesquisa de conteúdo com uma ferramenta como Surfer ou PageOptimizer Pro para obter frases semânticas ou LSI. 

 

Se precisar de uma ajuda, conte com um profissional que possa lhe ajudar. Em nosso site você pode realizar um orçamento e entender quanto custa um trabalho de SEO.


Análise gratuita da sua
performance digital

Receba uma análise sem custo da performance da suas campanhas
de Google Ads, Facebook Ads, Redes Sociais ou Website.

Recomendaremos ações e sugestões de melhoria.