Como anunciar no Youtube? Tudo que você precisa saber!

pile-of-3d-play-button-logos-min (1)

Antes de falarmos sobre como anunciar no Google Ads, vamos falar sobre alguns conceitos.

O que é o Youtube Ads?

O Youtube Ads é uma ferramenta de mídia paga que faz parte do nosso já conhecido Google Ads!

Com os anúncios do YouTube, é possível alcançar clientes em potencial e os incentivar a realizar ações no momento em que assistem ou pesquisam vídeos na plataforma, e você só paga quando eles demonstram interesse.

Os tipos de anúncios são variados, incluindo bumper, in-stream e video discovery ads.

Para montar uma campanha, basta criar uma conta no Google e um canal no YouTube e depois se cadastrar no Google Ads.

Quer saber mais sobre como funciona anunciar no Youtube Ads?

Acompanhe o nosso post e fique por dentro desta ferramenta que é uma mina de ouro.

Quais as vantagens de investir em anúncios no Youtube?

Os números impressionam e não é para menos: 5,5 bilhões de dólares são investidos anualmente em publicidade no YouTube apenas no mercado americano!

Esses valores chamam a atenção dos interessados por Marketing Digital e atraem muitos que querem aprender como anunciar no YouTube.

O conteúdo audiovisual é, com certeza, a bola da vez. Em um estudo realizado pela empresa, a Cisco chegou à projeção de que o conteúdo em vídeo será 82% de todo o tráfego da internet até 2021.

Sendo assim, o marketing no YouTube tem um papel essencial nas estratégias das empresas que querem ter uma forte presença digital.

O YouTube não é uma rede social apenas para heavy-users de internet, a plataforma recebe mais de 2 bilhões de usuários mensalmente com interesses variados, que consomem mais de 1 bilhão de horas de vídeo diariamente.

E se você quer saber se esse comportamento se repete no Brasil, a resposta é sim! Afinal, 80% dos usuários brasileiros de internet usam o YouTube diariamente, de acordo com a própria ferramenta.

Youtube é uma gigante em acessos e tráfego

A plataforma do YouTube atrai pessoas de diversos perfis, e justamente por isso, tenha se tornado esse sucesso.

Atualmente, ele é o segundo maior buscador na Internet e também o segundo site mais acessado do mundo, perdendo apenas para o próprio Google (empresa que o comprou)!

Isso significa que, se as pessoas querem se informar, assistir videoclipes ou aprender alguma receita, o YouTube é um dos primeiros destinos em que elas pensam.

Mais alguns dados importantes

  • 1,5 bilhão de usuarios acessam suas contas no YouTube todos os meses.¹
  • Os usuários passam mais de uma hora por dia assistindo a vídeos no Youtube em dispositivos móveis. ²
  • Nos últimos dois anos, o número de pequenas e médias empresas que anunciam no YouTube duplicou. ³

1 Fonte: dados internos do YouTube, global, maio de 2017.
2 Fonte: dados internos do YouTube, global, janeiro a junho de 2017.
3 Fonte: dados internos do YouTube, global, 2016.

Sendo assim, se a sua persona está no YouTube – e muito provavelmente está –, é importante que sua empresa esteja lá também para estreitar o relacionamento, se posicionar como autoridade e oferecer serviços e produtos.

Quais são os formatos de anúncios disponíveis no Youtube?

Antes de anunciar no Youtube, é preciso conhecer as possibilidades e formatos de anúncios disponíveis na plataforma. Ao todo, são 6 formatos, cada um com características próprias.

1. Anúncios in-stream puláveis

Conhecidos como vídeos puláveis, podem ser exibidos antes, durante ou depois de um vídeo.

Eles são chamados assim porque depois de 5 segundos, o espectador pode avançar o restante da sua reprodução, caso não se interesse pelo conteúdo.

Os anúncios desse tipo funcionam bem para vários objetivos diferentes, como geração de leads, tráfego para um site, vendas, reconhecimento de marca ou consideração de produto, por exemplo.

Nesse formato, é possível escolher a forma que pretende pagar pelos resultados.

Ao escolher o CPV, o anunciante paga sempre que o espectador assiste 30 segundos do vídeo ou o anúncio por inteiro, caso a sua duração seja mais breve do que isso.

2. Anúncios in-stream não-puláveis

Os vídeos não-puláveis também podem ser exibidos em computadores ou dispositivos móveis e, assim como os puláveis, podem ser exibidos antes, durante ou depois do vídeo que o espectador escolheu assistir.

Por isso, esteticamente são muito parecidos com os vídeos puláveis.

O que diferencia o vídeo não pulável do vídeo pulável é que ele não pode ser ignorado pelo usuário que está assistindo: existe uma obrigatoriedade de assisti-lo até o final para continuar o conteúdo do YouTube que estava sendo reproduzido.

Esse formato foi pensado para o objetivo de alcance e reconhecimento de marca, tendo uma duração de até 15 segundos e pagamento feito sobre impressões, de acordo com o CPM desejado.

3. Bumper ads ou anúncios breves

Os bumper ads são aqueles anúncios de curta duração – seis segundos ou menos – exibidos antes do conteúdo desejado, podendo, inclusive, aparecer no meio de um vídeo, interrompendo-o.

Esse tipo de anúncio não pode ser ignorado, portanto é preciso usá-lo com sabedoria para não causar um efeito negativo na audiência.

Um ponto importante sobre utilizar esse formato é que a sua mensagem precisa ser ainda mais clara, objetiva e encantadora.

Afinal, os bumper ads podem ser inconvenientes, uma vez que o usuário não tem controle sobre eles.

A cobrança ocorre a cada mil visualizações, já que o cálculo é feito com base no CPM (custo por mil).

4. Masthead

O formato de vídeo que aparece na parte superior da home do YouTube é conhecido como masthead (faça um teste para ver como o seu masthead seria exibido).

Como muitos usuários da plataforma começam a pesquisar os vídeos que pretendem assistir por essa página inicial, o masthead é mesmo uma posição de destaque para anunciantes.

Esse formato funciona para TV, computador e dispositivos móveis e é recomendado pelo próprio Google para gerar reconhecimento para um produto novo ou alcançar um público amplo em um período curto de tempo.

O masthead, entretanto, tem algumas características específicas.

A primeira delas é que só é possível anunciar neste formato através de uma reserva do espaço e, para isso, será necessário entrar em contato com um especialista do Google.

Já o segundo ponto é que o vídeo normalmente é exibido automaticamente para os usuários com o som desativado.

Isso quer dizer que a sua mensagem precisa ser compreensível sem depender do áudio.

5. Anúncios de video discovery

Os anúncios de video discovery levam esse nome justamente por estarem relacionados à descoberta de novos conteúdos.

Podem ser exibidos, por exemplo, na tela de busca quando o usuário pesquisa alguma palavra-chave.

Eles também aparecem nas recomendações de vídeos relacionados.

Nesse caso, o anúncio tem um thumbnail, ou seja, uma imagem que representa o vídeo.

Por meio do ícone amarelo com a menção “Anúncio”, o usuário identifica que se trata de uma publicidade.

Ao clicar, ele é direcionado ao conteúdo que está sendo promovido, e você é cobrado a cada clique.

Por fim, esse tipo de anúncio é exibido também na página inicial do app, no caso de dispositivos mobile.

6. Anúncios out-stream

O último formato disponível é focado em expandir o alcance dos seus anúncios e, não por acaso, ele fica atrelado à meta de alcance e reconhecimento de marca.

Os anúncios out-stream são exibidos apenas para dispositivos móveis e fora do YouTube.

Ou seja, os vídeos vão aparecer em sites ou aplicativos parceiros da rede Google.

No caso dos sites, os anúncios são exibidos como banners.

Já para os aplicativos, eles ganham diversos formatos, como os nativos, intersticiais, banners, em formato retrato ou tela cheia.

Esse formato é reproduzido automaticamente, também com o áudio desativado.

Por isso, atente-se também nesses anúncios a como fazer a sua mensagem ser compreendida sem o som.

É claro que a audiência pode optar por ouvir o anúncio, mas não é uma boa ideia contar com isso para conseguir transmitir o que precisa.

Por fim, vale falar sobre a cobrança dos anúncios out-stream: o custo é calculado por mil impressões visíveis (vCPM), de forma que o anunciante paga sempre que o vídeo é visualizado por 2 segundos ou mais.

Como escolher o tipo ideal de anúncio no Youtube?

Está claro que os anúncios no YouTube são uma ferramenta que oferece várias possibilidades de incrementar uma estratégia de Marketing Digital.

Mas, afinal, como escolher o tipo ideal de anúncio?

Bem, essa pergunta é importante, já que decisões aleatórias têm grandes chances de não trazer resultados.

A própria plataforma oferece uma orientação nesse sentido.

Ao criar uma campanha, você pode escolher entre diferentes objetivos:

Dependendo do objetivo que você indicar, bem como da duração do vídeo, a plataforma vai apresentar opções adequadas.

Assim que ela mostrar o que está disponível, considere as características e as indicações de cada tipo de anúncio, levando em conta o que explicamos no tópico anterior.

Qual é o tamanho dos anúncios no Youtube Ads?

Os anúncios no YouTube lembram o impulsionamento de publicações na plataforma do Facebook.

O processo é simples: você publica um post e depois tem a opção de impulsioná-lo, certo?

Os vídeos que serão usados em anúncios no Youtube devem, primeiramente, ser adicionados ao canal.

Dessa forma, depois de adicionado, o vídeo pode ser utilizado tranquilamente em suas campanhas.

Já em relação às dimensões, é importante destacar que os formatos 16:9 e 4:3 são os mais recomendados.

Se for preciso, o YouTube fará ajustes automaticamente para adequar a proporção.

O que podemos concluir sobre os anúncios no Youtube?

Anunciar no YouTube representa uma nova oportunidade para você atingir seus clientes potenciais.

Tal como acontece com todas as plataformas de anúncios, você precisa definir seus objetivos para criar uma campanha assertiva.

Isso inclui saber como criar vídeos atraentes e como direcionar seus anúncios para as pessoas certas, identificando a sua persona e seus interesses.

É importante também manter um acompanhamento constante nas suas métricas e sempre considerar os testes A/B.

Você pode não acertar logo na sua primeira tentativa, mas, através de análises frequentes, será capaz de ficar mais perto dos bons resultados e do sucesso.


Análise gratuita da sua
performance digital

Receba uma análise sem custo da performance da suas campanhas
de Google Ads, Facebook Ads, Redes Sociais ou Website.

Recomendaremos ações e sugestões de melhoria.